Uma nova estrutura para dispositivos de inteligência artificial no setor da saúde

A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA é a agência reguladora que
supervisiona os dispositivos médicos nos Estados Unidos. No início de abril de 2019,
a organização anunciou que desenvolveria uma estrutura para dispositivos médicos
que usam algoritmos de inteligência artificial (IA).
Ele esclareceu que os dispositivos de IA já com autorização de comercialização e
liberação pelo FDA eram geralmente aqueles que usavam os chamados algoritmos
“bloqueados” que não aprendiam com cada uso. Essa nova estrutura
regulatória terá como alvo dispositivos de IA que aprendem continuamente e ficam
mais inteligentes a cada interação.
O primeiro passo para fazer essa melhoria envolve o lançamento de um documento
para discussão. Como esse é apenas um dos vários marcos ao longo desse
caminho, as pessoas devem perceber que esse desenvolvimento, sem dúvida, se
estenderá além de 2019, embora as primeiras etapas possam realmente começar
este ano.
Desde sua invenção em 1960, os marca-passos têm sido literalmente salva-vidas
para pessoas com anormalidades do ritmo cardíaco. Uma grande desvantagem é
que eles são dispositivos operados por bateria, e os pacientes precisam ser
submetidos a operações para a substituição da bateria. https://jocross.com.br/lp/hapvida-joao-pessoa/